terça-feira, 22 de julho de 2014

Pesquisa mostra Dilma com 31,6%, Aécio com 21,1% e Campos com 7,2%

candidatospresidenciaPesquisa encomendada pela revista IstoÉ ao Instituto Sensus mostra ligeira queda na intenção de voto dos três principais candidatos à Presidência da República. O levantamento, feito entre os dias 12 e 15, em 136 cidades de 14 estados, mostra que, na consulta estimulada, a intenção de voto em Dilma Rousseff (PT) caiu para 31,6% dos votos. Na pesquisa anterior, a presidenta tinha 32,2%.
Aécio Neves (PSDB) caiu de 21,5% para 21,1% e Eduardo Campos (PSB) passou de 7,5% para 7,2% nas intenções de voto. A margem de erro da pesquisa é 2,2%. A vantagem de Dilma aparece nas respostas espontâneas. Quando perguntado em quem votaria, sem que nenhum nome seja apresentado, a petista aparece com 21% contra 9,8% do tucano. Campos aparece com 3,2%.
Os números apontam empate técnico entre Dilma e Aécio em um provável segundo turno. Os candidatos teriam 36,3% e 36,2% de intenção de votos, respectivamente. Se o embate fosse com Eduardo Campos, Dilma teria 38,7% e o ex-governador de Pernambuco 30,9%. No levantamento anterior, a petista obteve 37,5% e o pernambucano 26,9%. A diferença entre eles diminuiu: de 10,6 para 7,8 pontos percentuais. Indecisos, nulos, em branco ou que não responderam totalizam 30,4%, ante 35,6% do levantamento do mês passado.
A avaliação do governo apresentou queda em relação à pesquisa anterior, quando 34,2% dos entrevistados responderam que era positiva. Agora, 32,4% avaliaram positivamente o governo. Em contrapartida, cresceu o percentual dos que consideram o governo regular, passando para 36,4% ante 29,1% da pesquisa anterior. O número de entrevistados que considerou o governo ruim também caiu. Antes, 36,4% avaliaram como negativo. Agora, o percentual baixou para 28,5%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR – 00214/2014.
Luciano Nascimento, repórter da Agência Brasil

Dunga assume a Seleção com mais de 70% de reprovação em enquete

Nesta terça-feira, no Rio de Janeiro, Dunga assume o comando da seleção brasileira pela segunda vez na sua carreira de técnico. E já não conta com a aprovação popular. A escolha do capitão do tetra como novo treinador do Brasil foi reprovada por 71,19% dos 10.820 internautas participantes da enquete do “Arena SporTV”. O primeiro jogo do substituto de Felipão será no dia 5 de setembro, em amistoso nos EUA, contra a Colômbia, último time vencido pela Seleção na Copa do Mundo de 2014.
O técnico, que foi aprovado por apenas 28,81% dos votantes da enquete, já treinou o Brasil entre 2006 e 2010. O aproveitamento desta primeira passagem é de 76,6%, foram 42 vitórias, 12 empates e seis derrotas em 60 jogos.
Sob o comando de Dunga, a Seleção ganhou a Copa América de 2007, a Copa das Confederações, em 2009 e conquistou o bronze olímpico em Pequim 2008. Na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, foi eliminado pela Holanda nas quartas de final do torneio, em uma derrota por 2 a 1.

Por SporTV.com

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PEDE AÇÃO PENAL PÚBLICA CONTRA EX-SENADOR PARAIBANO EFRAIM MORAIS, DO DEM


Ministério Público Federal  pede ação penal pública contra ex-senador paraibano Efraim Morais, do DEM

O Ministério Público Federal no Distrito Federal pediu à Justiça a abertura de ação penal pública contra o ex-senador Efraim Morais (DEM-PB), o ex-diretor-geral adjunto do Senado José Alexandre Lima Gazineo e cinco empresários, informa o jornal O Globo.

Efraim e Gazineo são acusados de realizarem contratações sem licitação no Senado, entre 2006 e 2008, na época em que o então senador ocupava o cargo de 1.º Secretário da Casa.

Segundo reportagem publicada no portal de notícias yahoo, o Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF/DF) pediu à Justiça a abertura de ação penal pública contra o ex-senador Efraim Morais (DEM-PB), o ex-diretor-geral adjunto do Senado José Alexandre Lima Gazineo e cinco empresários. Efraim e Gazineo são acusados de realizarem contratações sem licitação no Senado, entre 2006 e 2008, na época em que o então senador ocupava o cargo de 1.º Secretário da Casa. A suposta irregularidade resultou na contratação de empresas da área de comunicação para serviços de clipagem eletrônica e divulgação institucional do Senado na internet, de acordo com o Ministério Público.

A denúncia foi apresentada à Justiça no início do mês, depois da análise de seis contratos - quatro deles no valor de R$ 48 mil cada, com vigência de 12 meses. Em nota divulgada nesta segunda-feira, o MPF informa que seu Núcleo de Combate à Corrupção constatou que Gazineo e Efraim admitiram irregularmente as contratações sem licitação, como se elas se enquadrassem na categoria de inexigibilidade de licitação, o que não era o caso, segundo o MPF.

"Foram omitidas, entre outras exigências: a elaboração de documento com caracterização do objeto a ser adquirido e explicitação das razões da contratação direta. Além disso, não houve a publicação do extrato de inexigibilidade de contratação com informações sobre a contratada, data de início da vigência, seu valor e duração", diz o texto divulgado pelo MPF.

Mais detalhes clique aqui

Redação com globo.com e yahoo

MPF investiga desvio de dinheiro em 10 cidades da PB. Em Santana dos Garrotes, prefeito é acusado de usar o Programa Federal para "geração de emprego aos seus aliados políticos”.



Desvios de verbas da educação, fraude em licitações, obras não executadas, indícios de irregularidades na construção do portal de entrada da cidade, falta de prestação de contas de convênios para revitalização de praça e não repasse de contribuição previdenciária ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) levaram o Ministério Público Federal na Paraíba (MPF) a abrir inquéritos civis públicos contra os municípios de Santana dos Garrotes, Pitimbu, São José da Lagoa Tapada, Pocinhos, Algodão de Jandaíra, Capim, Matinhas, São José de Espinharas, Riacho de Santo Antônio e Nazarezinho.

Em Santana do Garrotes, no Sertão, o procurador da República Filipe Albenaz Pires instaurou procedimento investigativo para apurar denúncias contra o prefeito Élio Ribeiro de Morais. Ele é acusado de usar o Programa Brasil Alfabetizado “para servir de geração de emprego aos seus aliados políticos”.

A denúncia dá conta de que todas as matrículas seriam fictícias, que “não existiria local de trabalho” e que “todos os alfabetizadores têm obrigação de dividir seus vencimentos com outras pessoas aliadas políticas do prefeito”. A assessoria de Élio Ribeiro informou que ele só vai se pronunciar sobre o inquérito após notificação.

Ainda no Sertão, o procurador da República João Raphael Lima vai investigar a denúncia de que “cinco professores residentes em Patos foram contratados para trabalhar no Programa de Educação de Jovens e Adultos no município de São José de Espinharas, mas não teriam prestado serviços, tendo sacado valores pretensamente recebidos para a prestação do serviço e os entregue a um intermediário/representante da prefeitura, ficando com uma pequena parte”.

O representante do MPF já solicitou informações sobre o Programa de Educação de Jovens e Adultos no município de São José de Espinharas, quais sejam identificação da conta-corrente de titularidade do município destinada a receber os recursos dos programas, empenhos realizados com o intuito de executar o programa e pesquisa junto aos sítios eletrônicos do MEC e FNDE para se identificar se existe, em meio eletrônico, planos de trabalho para a execução do programa; as informações devem ser referentes ao ano de 2013. Procurado, o prefeito Renê Caroca não foi encontrado para falar sobre a investigações da Procuradoria da República.

Maternidade de Patos realiza cirurgia inédita no sertão paraibano


Os leiomiomas uterinos caracterizam-se por doença benigna e são evidenciados em 2 a 3% de todas as gestações normais. Destes, cerca de 10% podem apresentar complicações durante a gravidez. No caso da paciente Priscila Silva Oliveira, de 29 anos, moradora do bairro de Jatobá, em Patos, a miomectomia realizada pela equipe médica da Maternidade Dr. Peregrino Filho, fez toda a diferença para que ela continuasse sua primeira gestação tranquila e sem dor e sua filha, nascesse saudável e pudesse ir para casa três dias depois do parto.
Priscila iniciou o acompanhamento de sua gestação, no dia 28 de janeiro de 2014, no ambulatório de Pré-natal de Alto Risco da Maternidade Dr. Peregrino Filho. Ela foi encaminhada para a maternidade pela Unidade Básica de Saúde (UBS) com ultrassonografia obstétrica de segundo trimestre que evidenciou um nódulo que media 15,3 x 11,7cm. A paciente foi admitida na enfermaria de alto risco, com dores abdominais que melhoravam com o uso de analgésicos.
Porém, na 17ª semana de gestação, a paciente evoluiu com quadro de urgência com muita dor abdominal. "Como a palpação abdominal era dolorosa, após os exames clínicos, requisitamos um exame de ultrassom obstétrico que evidenciou um nódulo, com indicativo para procedimento cirúrgico", explica o diretor da Maternidade, Dr. Paulo Athayde, que integrou a equipe médica que realizou a cirurgia, inédita na unidade, que é referência de atendimento à saúde da mulher para mais de 100 municípios do sertão paraibano.
A paciente então foi internada, medicada e submetida ao procedimento cirúrgico. A cirurgia foi realizada com sucesso com a identificação de vários leiomiomas, com um de maior volume pesando, aproximadamente, 2 Kg. "A miomectomia foi feita com auxílio de bisturi elétrico e durante o procedimento verificamos que as lesões não comprometiam o endométrio. Fizemos, então, a retirada dos leiomiomas e a cirurgia transcorreu sem problemas", eslarece Dr. Paulo. Não houve complicações pós-operatórias e a gestante recebeu alta no 5º dia após a cirurgia.
A partir daí, o pré-natal da paciente se deu sem anormalidades, com o parto cesáreo feito no último dia 16, na 39ª semana. O recém-nascido do sexo feminino, pesou 3.500g. "Neste caso, a miomectomia mostrou-se eficaz para a complicação obstétrica e a operação foi um sucesso", destaca o médico que integrou a equipe que operou Priscila, junto com Dra. Iak Sodara Batista Gomes, Dra. Vandezita Dantas de M. Mazzaro e a Dra. Vandilma de O. Cavalcanti.
Para Priscila, a experiência de ter tido a oportunidade de se tratar e ao mesmo tempo preservar a integridade de seu primeiro filho, vai marcar para sempre a sua vida. "Sabia dos riscos que eu corria, inclusive, de perder o bebê e nunca mais poder engravidar, mas fui muito bem assistida na maternidade, tive também acompanhamento psicológico e só tenho a agradecer aos profissionais que me atenderam, especialmente, a equipe médica que fez a cirurgia e depois o meu parto", destaca ela.
Fonte Assessoria

segunda-feira, 21 de julho de 2014

São-mamedenses criam correntes de oração pela vida do Pastor Erideval que sofreu grave acidente onde morava no estado do Piauí.






Aconteceu na noite deste domingo 20/07 em uma cidade do piauí um grave acidente envolvendo o pastor Erideval que morou por vários anos em São Mamede e na cidade conquistou inúmeras amizades onde desenvolveu um belíssimo trabalho a frente da igreja Missão Evangélica Pentecostal.

Evangélicos e católicos lamentam o acontecido e em uma corrente de oração, se unem para pedir a DEUS a saúde deste grande pregador da palavra do senhor.

Pessoa bastante cativante, o pastor Erideval comandou a igreja evangélica pentecostal por vários anos na cidade de São Mamede onde fez milhares de amigos e admiradores. Fez programa na rádio comunitária 104,9 fm onde realizava uma programação diferenciada e ganhou adeptos pelo seu jeito alegre e descontraído de ser.

Veja uma dos pedidos de oração de uma das amigas do pastor que circula no facebook:


Pessoal, peço orações pelo Pastor Erideval. O pastor Erideval foi atropelado ontem a noite e precisa muito de nossas orações, pois ele se feriu bastante. 

Jokebedes, muita força para você e os meninos, principalmente para Ester, que graças a Deus não se feriu, mas estava no momento do acidente. Não posso dizer que vai dar tudo certo, pois não sou ninguém, mas posso dizer que o nosso Deus é o Deus de ontem, hoje e sempre. 

É aquele mesmo Deus de milagres, de todos aqueles que lemos na bíblia e de todos aquele que vemos no nosso dia a dia, assim como é o Deus da providência e Deus que dá a cura. Eu creio nisso, assim como você. Amo muito vocês, e não consigo imaginar a dor que está passando, mas acima disso está o amor e o conforto de Deus, pois ele é capaz de tudo, inclusive de mudar esse quadro. Fique com Deus, e saiba que todo mundo (todo mundo mesmo!) está orando por vocês!

O blog Revista São Mamede torce o roga a Deus, que o amigo Erideval volte logo ao ceio familiar e continue sua caminhada cristã propagando o evangelho do senhor Jesus Cristo.

Blog Revista São Mamede
Via postagem do facebook

REVISTA VEJA DESTACA CÁSSIO COMO FICHA SUJA QUE SE APROVEITA DE BRECHAS NA LEI PARA SER CANDIDATO

Revista Veja destaca Cássio como ficha suja que se aproveita de brechas na lei para ser candidato

O senador e candidato ao governo da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB) foi alvo de matéria da revista Veja de ontem em sua versão online. Na matéria, as jornalistas, Laryssa Borges e Marcela Mattos destacaram que o tucano foi alvo de processo e poderia ser enquadrado como ficha-suja, mas com as brechas da lei conseguiria, segundo a reportagem, assim como outros políticos, tentar se manter no poder, em algum cargo público, neste caso, como governador.

Confira a publicação:

Eleições 2014

As brechas na Lei da Ficha Limpa nas eleições pelo país

Ministério Público lança cruzada para barrar ao menos 360 políticos das eleições deste ano, mas tropeça em legislação nova e sem jurisprudência

escrito por: Laryssa Borges e Marcela Mattos, de Brasília

Criada em 2010 para promover uma depuração ética na lista de políticos que pleiteiam disputar cargos eletivos, a Lei da Ficha Limpa enfrentará seu mais duro teste em outubro e poderá banir das urnas políticos que, a partir de seus currais eleitorais, se perpetuavam impunes na administração pública. Pela primeira vez, a lei será aplicada a deputados, senadores, governadores e candidatos à Presidência da República.

Ainda que a lei esteja plenamente em vigor, o Ministério Público Eleitoral, responsável por contestar pelo menos 360 candidaturas – número que vai aumentar nas próximas semanas – com base na nova legislação de inelegibilidades até agora, prevê que políticos e advogados devem utilizar as mais diversas artimanhas para explorar brechas na Lei da Ficha Limpa e se apresentar normalmente como opção ao eleitor. Desde o início do mês, procuradores se lançaram em uma verdadeira cruzada contra políticos enrolados na Justiça, mas manobras e lacunas na lei acabam permitindo que corruptos sigam adiante nas urnas.

A exigência de ficha limpa nas eleições não é criação brasileira. Estados Unidos, Espanha, África do Sul, Uruguai, Luxemburgo, Austrália, França e Bélgica também têm legislações que impedem, em diferentes situações, a candidatura de condenados, mas nenhuma delas é tão abrangente quanto a versão sancionada no Brasil em junho de 2010. Entre os australianos, por exemplo, são inelegíveis para os cargos de senador e deputado federal pessoas penalizadas a mais de um ano de prisão, independentemente do crime cometido. Na Espanha, são barrados os condenados por terrorismo e crimes contra as instituições do Estado, mesmo que ainda recorram da sentença.

No Brasil, mesmo tendo sido apontada como marco moralizador na seara política, a Lei da Ficha Limpa não consegue retirar da vida pública boa parte dos candidatos enrolados com a justiça. Até a última sexta-feira, o banco de dados do MP registrava 605.081 informações sobre possíveis casos de inelegibilidade, que vão desde contas rejeitadas em municípios até condenações por tráfico de drogas e assassinato. Descontados os dados em duplicidade e as informações de pessoas que acabaram não se candidatando, é a partir dessa cifra que procuradores eleitorais partem para elaborar os pedidos de impugnação. Em todo o país, 1.850 candidaturas estão sendo contestadas por ações apresentadas pelo próprio MP ou por partidos e políticos.

Lacunas - Desde as últimas eleições, os procuradores mapeiam brechas que podem jogar por terra a inelegibilidade de um candidato e permitir que corruptos disputem normalmente o processo eleitoral. Para integrantes do Ministério Público, uma das principais lacunas da lei é a que permite que a Justiça suspenda a proibição do candidato disputar caso considere que ele pode reverter a condenação que o deixou de fora das urnas. O artigo 26-C da Lei da Ficha Limpa estabelece que “o órgão colegiado do tribunal (...) poderá, em caráter cautelar, suspender a inelegibilidade sempre que existir plausibilidade da pretensão recursal”.

"A nossa tradição era a de produzir efeitos das decisões judiciais depois que elas transitaram em julgado. Como isso não estava produzindo efeito, porque as decisões demoram uma eternidade, o legislador trocou esse valor da segurança jurídica pelos valores da moralidade. Mas isso gera um problema, porque se tem uma decisão que é reversível e pode deixar de acontecer até o fim da eleição. Se o juiz entender que o recurso é muito plausível e que aquela decisão parece estar errada, ele pode fazer isso. Mas é uma brecha que jogou a responsabilidade para o tribunal superior. O ideal seria que a inelegibilidade fosse decorrente do trânsito em julgado, mas que esse transito em julgado ocorresse logo", afirma o procurador eleitoral Elton Ghersel.

Entre as catorze hipóteses para barrar um político nas eleições, a Lei da Ficha Limpa também prevê, por exemplo, que condenados por improbidade administrativa sejam impedidos de disputar a preferência do eleitor. Mas no registro das candidaturas, nem a Lei Eleitoral nem resoluções do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) exigem que os candidatos apresentem certidões cíveis, documentos onde ficam registradas essas ações de improbidade. A partir do registro de cada candidato, o Ministério Público tem apenas cinco dias para contestar a pretensão do político ao cargo e corre contra o tempo para encontrar irregularidades.

Quando os procuradores se deparam com notórios fichas sujas, como o ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf, e o ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda, conseguem impugnar as candidaturas mesmo se eles marotamente tiverem omitido as certidões cíveis. Com um universo de mais de 24.000 candidatos nas eleições deste ano, porém, boa parte dos candidatos – desconhecidos – passa imune à peneira da Lei da Ficha Limpa. Situação parecida ocorre quando candidatos tentam ser eleitos após terem sido condenados por conselhos profissionais. A Lei da Ficha Limpa determina a inelegibilidade dos que foram excluídos do exercício da profissão por faltas ético-profissionais, mas no registro da candidatura não é exigido nenhum atestado de nada consta de conselhos profissionais. Mais uma vez, cabe ao Ministério Público organizar um mutirão para encontrar os condenados profissionalmente e questionar suas candidaturas.

Em 2012, quando a Lei da Ficha Limpa foi aplicada pela primeira vez, a reprovação de contas de prefeitos e vice-prefeitos foi a principal causa de registros negados pela Justiça Eleitoral. Mas também neste ponto da lei os fichas sujas utilizam interpretações conflitantes nos tribunais para seguir em frente com as candidaturas. Embora alguns tribunais tenham considerado que a rejeição de contas é suficiente para tornar o candidato inelegível, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem decisões que exigem a reprovação das contas também pelos legislativos municipal, estadual ou pelo Congresso, o que permite que políticos avancem no processo eleitoral mesmo com aparente violação à Lei da Ficha Limpa.

"Antes, ao se deparar com uma irregularidade, o próprio tribunal de contas poderia declarar um candidato inelegível. Hoje tem de ser um ato de improbidade doloso e será o juiz eleitoral que dirá se a prática foi ou não proposital. Com essa mudança, o caso para na Justiça e torna o processo muito mais demorado. São tantas ações que talvez o MP não consiga aplicar tudo que saiba. Eles não têm tempo. Com isso, um ou outro candidato irregular acaba sendo beneficiado e liberado para disputar as eleições", afirma Walter Costa Porto, ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Pelo fato de as novas regras de inelegibilidade terem sido aplicadas apenas nas eleições de 2012, quando foram eleitos prefeitos e vereadores, a Justiça Eleitoral ainda não enfrentou todas as possibilidades de questionamento da lei, o que amplia ainda mais as brechas e contestações judiciais. O ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda, por exemplo, foi condenado em segunda instância por improbidade dias depois de apresentar o registro de sua candidatura na Justiça Eleitoral, mas poderá receber aval para concorrer e ficar inelegível apenas em 2016. A brecha que beneficia o político se baseia no fato de o Supremo Tribunal Federal (STF) ter decisões segundo as quais o único momento para enquadrar os políticos na Lei da Ficha Limpa é o registro da candidatura, quando Arruda ainda não tinha sido penalizado pela justiça.

"A lei precisa ser interpretada e agora é hora de os tribunais fazerem construções jurisprudenciais. Doutrina e jurisprudência são justamente o que aperfeiçoariam a aplicação da Ficha Limpa. É, sem duvida, o que deve acontecer de agora em diante. A lei é nova e ainda não tem casos precedentes", aponta o ex-presidente do TSE Carlos Velloso. "A lei foi avanço enorme no processo eleitoral brasileiro. Se existe alguma brecha, nós vamos sustentar a aplicação em sua inteireza", afirma o procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Na Paraíba

Ex-governador da Paraíba, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) tenta voltar ao posto mesmo após ter sido condenado por abuso de poder político e econômico durante campanha à reeleição. Segundo a Justiça, ele distribuiu 35.000 cheques para eleitores sob o argumento de se tratar de um programa assistencial e promoveu sua candidatura em um jornal oficial. Apesar de ter a candidatura impugnada pelo MP, o senador alega que já cumpriu a pena de três anos e que, mesmo se forem aplicados os oito anos de inelegibilidade, o prazo também já teria se encerrado.


Confira a matéria no site clicando aqui

Veja
PBAgora

PAI QUEBRA A CARA DE SUPOSTO ESTUPRADOR DE SEU FILHO DE 11 ANOS


O pai, de 35 anos que não teve seu nome revelado, disse ao operador do serviço de emergência 911: “Eu acabei de encontrar um homem adulto molestando meu filho. Eu o tenho em uma poça de sangue agora para você, policial”. A polícia chegou à casa em Daytona Beach, na Flórida, EUA, para prender Raymond Frolander, de 18 anos, que estava inconsciente.

O rapaz estava com várias contusões, lacerações, e inchaço, mostrando que havia passado por uma longa agressão física. “Ele está inconsciente?”, perguntou o policial. “Sim... eu bati muito forte, senhor”, respondeu o pai. O pai acrescentou: “Ele se levantou quando cheguei e suas calças estavam abaixo do tornozelo e nada mais precisa ser dito. Eu fiz tudo o que eu tenho o direito de fazer, mas eu não o matei”. 

O pai disse que havia saído de casa de madrugada para comprar comida e, quando voltou, ouviu um barulho estranho vindo do quarto do filho. Ele abriu a porta e encontrou Frolander realizando atos sexuais na criança. O garoto contou que estava brincando de videogames com os amigos, mas quando eles foram embora, Frolander o levou para o quarto e puxou suas calças. Ele ainda revelou que o adolescente estava cometendo abusos há 3 anos. 

O chefe da polícia disse que o pai estava apenas “agindo como pai” e não será acusado de nenhum crime pelo espancamento. O adolescente está sendo acusado de agressão sexual em uma criança menor de 12 anos e foi detido, sem direito a fiança. 


Fonte: DailyMail

Cinco suspeitos morrem e três pessoas ficam feridas em tentativa de assalto a PM

Cinco suspeitos morreram e três pessoas ficaram feridas durante uma troca de tiros que deixou Lagoa Seca sitiada na tarde desta segunda-feira (21), na Região Metropolitana de Campina Grande, a 130 km de João Pessoa. O grupo pretendia assaltar a casa de um policial militar.

De acordo com a Polícia Militar, quatro deles invadiram a casa de um policial da cidade e um quinto homem deu cobertura ao grupo, do lado de fora. Na residência, o policial estava em um quarto, enquanto a irmã dele, a mãe e a companheira viam televisão em outro cômodo.

Na invasão, o policial percebeu a ação e reagiu. Houve troca de tiros e o grupo tentou fugir, mas acabou sendo perseguido por outros policiais que foram acionados. Foi iniciada uma perseguição com tiroteio e os cinco suspeitos morreram. 

Conforme repassado pelo major Gilberto Felipe, subcomandante do 2º Batalhão da PM, o soldado de 29 anos, que seria o alvo dos bandidos, a mulher dele e a irmã ficaram feridos e foram levados para o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina. O estado de saúde deles não foi informado.

O major disse que Lagoa Seca ficou cercada pela polícia até que a situação fosse totalmente controlada.

Fonte - Portal Correio 

Em nota, Cícero revela mágoas com PSDB e anuncia saída da vida pública na Paraíba


AOS PARAIBANOS

Na vida pessoal, e desde muito cedo, aprendi que não se deve invocar o nome de Deus em vão. Na minha vida pública, tive sempre a clareza de não fazê-lo para avaliar comportamentos humanos, nem muito menos julgá-los. Mas, eis que neste momento peço permissão aos amigos e à opinião púbica do meu Estado para recorrer a uma citação bíblica: “Tudo tem o seu tempo determinado e há tempo para todo o propósito debaixo do céu”.
Hoje, passada esta primeira fase do processo eleitoral paraibano de 2014, em que os partidos escolheram seus candidatos para a eleição de outubro vindouro, é chegado o meu tempo de falar.

Devo fazê-lo com a serenidade que, graças a Deus, sempre me acompanhou; com a honestidade de propósitos que nunca deixou de comandar as minhas ações. E, finalmente, com a lealdade que dediquei, nos bons e maus momentos, aos correligionários, aos amigos, aos adversários e, sobretudo, ao povo da Paraíba.

Fui vice-governador, governador, ministro de Estado, secretário de Estado, prefeito de João Pessoa e estou concluindo o mandato de senador da República, cargo para o qual fui escolhido pela vontade livre de 803.600 paraibanos, aos quais sou eternamente grato. Tenho a exata dimensão do quanto todos esses cargos são passageiros. Afinal, o que fica, o que vale, e o que nos fortalece enquanto cidadãos, são as nossas ações, as nossas práticas.

Entrei na política, em 1990, pelas mãos honradas do meu saudoso amigo e irmão Ronaldo Cunha Lima, que entre outras coisas me ensinou: “Política se faz como sacerdócio, não como negócio”.

Este ano, pleiteei legitimamente disputar a reeleição para o Senado. Pelo que estabelece a tradição política do nosso país, era candidato-nato. Mas o meu nome não constará da cédula eleitoral. Na urna eletrônica, não estarei nem com a foto nem com as minhas ideias em defesa de dias melhores para a Paraíba e pelo Brasil.

Não tenho como deixar de enfrentar a pergunta que muitos se fazem e que, acreditem, eu também faço: por que não tive o direito de tentar a reeleição? Por que o meu partido, o PSDB da Paraíba, ao qual tanto me dediquei, não reconheceu como legítimo um direito que me havia sido conferido por quase 50 por cento do eleitorado?

Durante todo este processo eleitoral, que começou em outubro do ano passado, ofereci várias soluções que viabilizavam a indicação do meu nome na disputa pelo Senado. Abri caminhos e conversas preliminares para a formação de novas alianças, preocupei-me em garantir maior tempo de propaganda para o partido no guia eleitoral e, por fim, articulei entendimentos que ajudariam numa boa composição da chapa majoritária. Nada disso foi suficiente. O desejo deliberado de me tirar do processo falou mais alto.

Por várias vezes, surpreendi-me com as informações de bastidores dando conta de que os detentores do comando partidário negociavam com outros políticos paraibanos a indicação para a disputa pelo Senado. Vi se repetir, agora, o que já ocorrera em 2010, quando fui preterido da legítima postulação ao Governo em nome de uma aliança que hoje a Paraíba inteira sabe no que resultou, e quem tinha razão.

Coerente com a minha história pessoal, que a trajetória política confirma, fui leal o tempo todo. Fui sincero, honesto e transparente. Em nome do partido e da amizade, conciliei conflitos e aparei arestas... Inúmeras arestas. Não foi o que recebi de volta.

No último dia 29 de junho, o PSDB da Paraíba reuniu-se em convenção e indicou os candidatos majoritários e proporcionais. Uma chapa foi composta à minha revelia, sem que meu nome pudesse ser apresentado aos convencionais. É difícil compreender que as coisas tenham chegado a este ponto, mas chegaram.

A esta altura, renovando os agradecimentos aos meus familiares, sempre solidários ao longo tempo; aos meus verdadeiros e fiéis amigos que se revelam no olhar e nos gestos; e, finalmente, a todos os paraibanos que reconhecem a minha postura honrada em todo este episódio, devo informar que estou me afastando da atividade política na Paraíba. Não concordo e não comungo com os procedimentos e as práticas que a contaminaram. Como nunca exerci o poder meramente pelo poder, não há prova maior de desapego que esta de não disputar qualquer mandato eletivo nestas eleições.

Deixo claro que minha decisão é hoje, e sempre será, de respeito a quaisquer das opções que, de forma livre e legítima, serão abraçadas por familiares, amigos e correligionários no atual processo eleitoral do Estado.

No plano nacional, gostaria de me dirigir àqueles que possam considerar um pedido: vou caminhar com Aécio Neves, que representa hoje a esperança de um Brasil melhor.

Como diz o Eclesiastes, “tudo tem o seu tempo determinado”. Tempo de falar e tempo de ficar calado.

Mas, sobretudo, sempre haverá tempo para os bons propósitos.

Para quem tem Deus, nunca é tarde pra recomeçar.

João Pessoa, 21 de julho de 2014
Senador Cícero Lucena

Prefeito, vice-prefeito e mais 8 vereadores de Areia declaram apoio a Ricardo

rc_tiaoO candidato à reeleição ao governo do Estado, Ricardo Coutinho, da coligação A Força do Trabalho, conquistou na noite desse sábado (19) mais apoio de lideranças políticas na cidade de Areia. Declararam que votarão em Ricardo para governador o vice-prefeito André Perazzo (PPS) e o vereador Betinho do Boa Vista (PSDB). Também já apoiam Ricardo o prefeito de Areia Paulo Gomes (PRB) e outros sete vereadores. O governador agradeceu as adesões e o carinho de populares.
Na companhia do candidato a senador Lucélio Cartaxo, do deputado federal Damião Feliciano, do prefeito de Areia Paulo Gomes, do vice André Perazzo, do deputado estadual Tião Gomes e vários vereadores, Ricardo Coutinho foi bastante cumprimentado por populares ao caminhar no meio da multidão que assistia ao show do cantor e compositor pernambucano Geraldo Azevedo, na última noite do Festival de Artes de Areia.
O vereador Betinho do Boa Vista (PSDB), justificou porque votará em Ricardo Coutinho: “Eu vejo que o governador está trabalhando como ninguém pela Paraíba. Estou aderindo pelo povo paraibano que tem recebido muitos benefícios em Areia e toda região do Estado”. 
O prefeito de Areia, Paulo Gomes, avaliou que a ótima receptividade que o povo da cidade ofereceu a Ricardo simboliza o reconhecimento de seu amplo trabalho e estilo diferente de governar com a população sendo ouvida, dialogando com o governador.
O deputado federal Damião Feliciano (PDT), disse que a exemplo de Areia, por onde Ricardo Coutinho anda a população está oferecendo manifestações positivas e isto é fundamental. Damião destacou a visão de Ricardo em prestigiar a mulher paraibana convidando a médica e sua esposa Lígia Feliciano para compor a chapa proporcional como vice-governadora.
Por fim, o deputado estadual Tião Gomes (PSL) disse que nunca um governo fez tanto por Areia e que a cidade cresceu nesses últimos três anos e meio mais do que toda a sua história. “Hoje comemoramos as adesões do vice-prefeito André e do vereador Betinho que vêm se juntar à comitiva do trabalho, se unir àquele que faz e que não promete, realiza”, declarou.
Assessoria

Wellington, Caio Roberto e João Henrique deixam Santiago e declaram apoio à José Maranhão, na disputa pelo Senado



O deputado federal Wellington Roberto, presidente estadual do PR, anunciou neste fim de semana seu apoio à candidatura do ex-governador José Maranhão (PMDB), ao Senado. 

Wellington disse que seu filho, o deputado estadual Caio Roberto (PR), também apoia Maranhão ao invés de Wilson Santiago (PTB), que é candidato ao Senado na coligação 'A Vontade do Povo', da qual fazem parte e que tem o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) como candidato ao governo.

Mas, não foram somente Wellington e Caio que fizeram a opção, pois o deputado estadual João Henrique (DEM), que apesar de fazer parte da coligação 'A Força do Trabalho' - encabeçada pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) - mas vota em Cássio, também apoiará Maranhão. Assim como os deputados Janduhy Carneiro e Aníbal Marcolino.

Cícero anuncia daqui a pouco seu posicionamento político para as eleições de 2014

ciceroO senador Cícero Lucena (PSDB) irá anunciar logo mais, às 12h30, sua posição política com vistas às eleições deste ano.
Através do facebook, o tucano disse que “chegou a hora de falar” e prometeu divulgar uma nota informando seu futuro político.
Cícero pretendia disputar a reeleição na chapa do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), candidato a governador, mas a vaga foi ocupada pelo presidente estadual do PTB, Wilson Santiago.

REGIÃO DE PATOS APOIA RICARDO COUTINHO E LUCÉLIO CARTAXO


Região de Patos demonstra união pela vitória de Ricardo e Lucélio a população da região de Patos deu uma demonstração de que está unida pela vitória de Ricardo Coutinho para o governo e Lucélio Cartaxo para o Senado Federal. Ricardo, Lucélio e os candidatos a deputado federal e estadual da Coligação "A Força do Trabalho" foram recebidos calorosamente na tarde deste domingo (20), pelo povo que deu mais uma demonstração de confiança na vitória dos candidatos do trabalho e da esperança. 
O Patos Tênis Clube ficou todo laranja e vermelho com a participação de 12 prefeitos de partidos como o PSDB, PMDB, PSD, PSB, PRB, DEM e PR, vereadores e do povo Patos e municípios da região que querem eleger quem fez e ainda fará pela região. 
O vice-prefeito de Patos, Lenildo Morais e o deputado estadual Monaci Marques também participaram do evento. Pluripartidário- Participaram da plenária os prefeitos de Areia de Baraúna, Dequinha Mineral (PSDB), São Memede, Chaguinha (DEM), Cacimbas, Léo Terto (PSB), Quixaba, Júlio César (PMDB), Livramento, Carmelita Ventura (PR), Salgadinho, Débora Cristina (PSDB), Taperoá, Jurandir Gouveia (PMDB), Desterro, Rosangela Leite (PSB), Cacimba de Areia, Osmar Ferreira Nico (PSDB), Passagem, Magno de Bá (PMDB), Santa Terezinha, Arimatéia Camboim (PRB) e Junco do Seridó ,Branco Simões, (PSD). 
O governador e candidato à reeleição, Ricardo Coutinho, disse que essa é a demonstração de que a região de Patos também quer seguir em frente e não quer retroceder. "Essa não é uma disputa de sicrano contra beltrano. É uma disputa entre duas visões e histórias diferentes. Daqueles que foram preparados desde pequeno para a política das elites e sem derramar uma gota de suor. 
E nós que viemos do movimento popular e sindical, da luta e do trabalho para todos". Ricardo afirmou que o povo reconhece as obras estruturantes realizadas pelo governo do Estado na região como a rodovia da Reintegração, o sistema adutor Patos Assunção, a ampliação da maternidade Peregrino Filho, a construção do Hospital do Câncer em Patos e a ponte de Jatobá. "Podem achar que vão jogar dinheiro para cima pra ganhar eleição. Mas vamos vencer convencendo as pessoas com trabalho, verdade e determinação. Política se faz com trabalho e não com enganação e conversa fiada", completou. 
O candidato a senador, Lucélio Cartaxo, frisou que nesta eleição o povo tem dois caminhos: votar em quem está trabalhando e deve continuar ou votar em quem teve oportunidade e não fez e deve continuar fora. "São obras estruturantes que mostram que Ricardo Coutinho trabalhou muito em todo o Estado e que serão mostradas no guia eleitoral. Tenho certeza que a população dirá nas urnas que esse trabalho não pode parar". Segundo Lucélio, o seu trabalho no Senado será mostrar que é possível quebrar a distancia da Paraíba de Brasília trazendo mais projetos estruturantes que impulsionem o desenvolvimento do Estado. 
O petista destacou que os paraibanos precisam de um senador novo que trabalhe em sintonia com o governo Federal, estadual e dos municípios. Prefeitos e a população querem mais quatro anos para Ricardo Os prefeitos da região de Patos deram uma demonstração que estão firmes em reeleger Ricardo Coutinho para mais quatro anos. 
O prefeito de Cacimbas de Areia, Osmar Ferreira (PSDB), declarou que Ricardo foi sem dúvidas o governador que mais trabalhou pelo município e pela região. "Ricardo precisa de mais quatro anos porque neste primeiro mandato já trouxe uma estrada, ambulância, dois ônibus escolares e reformou escolas. Quero continuar trabalhando com Ricardo para fazermos um cidade ainda melhor". 
O prefeito Passagem, Magno de Bá (PMDB), falou que Ricardo precisa de mais quatro anos para continuar mudando a história da Paraíba como fez na região ao fazer a rodovia da Reintegração após 50 anos de espera e promessas. Júlio César, prefeito de Quixaba, (PMDB), ressaltou que o povo de Quixaba é grato e saberá reconhecer o trabalho do governador que interligou o município e abriu as portas para o desenvolvimento. 
O aposentado Chico Véi, morador de Patos, falou que a Paraíba tem um governador reconhecido nacionalmente como bom gestor pelo trabalho, dedicação e respeito ao dinheiro público. "Quero votar no melhor governador que a Paraíba teve até hoje", completou.

FONTE: PBagora.com com Acessoria

NO VALE: Jovem de 23 anos é brutalmente assassinado a golpes de faca e tiros



O jovem Edclênio Birô, 23 anos, foi brutalmente assassinado a golpes de faca e tiros no início da noite deste domingo(20) no sítio Jenipapo, zona rural da cidade de Itaporanga. Duas pessoas estão sendo acusadas de cometerem o homicídio. 

De acordo com o informações da polícia, os homens conhecidos como Jubileu e João da Silva são os acusados de cometerem o crime do jovem, que costumava trabalhar fazendo anúncios de publicidade em uma bicicleta para ganhar a vida. 

Segundo a Polícia, um dos acusados tinham uma rixa antiga com a vítima, motivada por ciúmes da filha do dono da residência, onde aconteceu o crime. 

Em meio a um desentendimento, os acusados feriram a vítima. Um deles usou um revolver, enquanto que o outro usava uma faca para ferir a vítima que foi atingida por vários golpes

A vítima ainda foi socorrida para o Hospital de Itaporanga, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada no local

A polícia saiu em diligência mas até o fechamento desta matéria nenhum dos acusados haviam sido preso.

O corpo do rapaz está sendo encaminhado ao IML de Patos para exame cadavérico e, depois, será liberado para o sepultamento.

Fonte: Vale do Piancó Notícias

domingo, 20 de julho de 2014

Neste domingo: acidente na Serra de Santa Luzia mata caminhoneiro


Um acidente registrado na BR-230 no trecho que compreende a Serra de Santa Luzia deixou como vítima fatal, Reginaldo Medeiros, 37 anos.
Segundo informações apuradas por nossa equipe. Reginaldo conduzia o caminhão Mercedes Benz, placas KDL 1865, cor azul, carregada de cal. Provavelmente o veículo faltou freio e o motorista começou a fazer zig zag na pista de rolamento, porém acabou capotando e batendo em um barranco às margens da rodovia.
Motoristas que passavam pelo local acionaram o Samu de Santa Luzia, porém quando os socorristas chegaram já encontraram Reginaldo sem vida.
O Núcleo de Medicina e Odontologia Legal - NUMOL de Patos foi acionado para realizar a remoção da vítima para realização de exames cadavéricos.
Patosonline.com 

Homens brigam na saída de vaquejada e um morre e outro fica ferido na Paraíba



Segundo informações do tenente Darci da Costa, as vítimas estavam assistindo a vaquejada quando teriam se envolvido em uma briga 

Uma briga envolvendo quatro pessoas na saída de uma vaquejada na cidade de Logradouro, no Agreste do estado, terminou com um homem de 32 anos morto a facadas e outro esfaqueado. O crime ocorreu na noite desse sábado (19).

Segundo informações do tenente Darci da Costa, comandante da 3ª Companhia do 4º Batalhão, as vítimas estavam assistindo a vaquejada quando na saída do evento teriam se envolvido em uma briga nas imediações no parque de competição.

“As pessoas não deram informações sobre o que teria motivado o crime. Sabemos apenas que as vítimas são da cidade de Caiçara. Tudo está sendo levantado para chegar o autor do assassinato de José Vicente da Silva filho e da tentativa de homicídio”, disse o tenente.

O ferido foi socorrido para o hospital da cidade de Nova Cruz, no Rio Grande do Norte, onde passa bem. O corpo de José Vicente foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Guarabira.

Polícia Civil age rápido e prende em flagrante acusado de tentativa de homicídio em Patos

Policiais civis da cidade de Patos/PB, sob o comando do Delegado Elcenho Engel Leite, prenderam em flagrante delito EDILSON ARAUJO NÓBREGA, acusado da prática de tentativa de homicídio contra AURICELIO FERNANDES ARAUJO, fato ocorrido por voltas das 19:00 horas do dia 19 de julho de 2014, no bairro São Sebastião, na cidade de Patos/PB.
A polícia civil com o apoio do GTE – Grupo Tático Especial, em diligências conseguiu localizar ao acusado EDILSON escondido na casa de um amigo no bairro São Sebastião – Patos/PB. O acusado EDILSON ARAUJO NÓBREGA ao ser preso disse que tinha tentado matar AURICELIO  para se defender, pois o mesmo com ciúmes de sua companheira, armou-se de uma faca e tentou matá-lo. Edislon disse que tomou a faca de AURICELIO e desferiu o primeiro golpe no pescoço da vítima, e quando a mesma virou de costas, desferiu mais dois golpes, se evadindo do local após a pratica delituosa.
O acusado EDILSON ARAUJO foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Patos para a lavratura do flagrante por parte do Delegado Elcenho Engel. QUE após o término do Auto de Prisão em Flagrante e a realização do Exame de Corpo Delito no acusado, o mesmo foi encaminhado para o Presídio de Segurança Máxima Romero Nóbrega na cidade de Patos/PB onde permanecerá preso à disposição da Justiça.
A vítima foi socorrida em estado grave para o Hospital Regional de Patos/PB e encontra-se passando por procedimento cirúrgico. 
Fonte - Polícia Civil de Patos/Delegado Elcenho Engel 

sábado, 19 de julho de 2014

Sexo explícito: Casal é flagrado nu próximo a Câmara de vereadores no centro de Cajazeiras fazendo sexo; Vídeo vazou no WhatsApp. Veja

explicito--casal-e-f.jpg
Um casal foi flagrado fazendo sexo na Praça das Oiticicas, próximo a Câmara de vereadores, no centro da cidade de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba. 
O vídeo vazou no WhatsApp neste sábado (19) e já é mais nova sensação da cidade e o assunto mais comentado nas redes sociais.
Um jovem apenas de cueca e o outro de sutiã foram filmados por uma terceira pessoa, que gravou com um celular e narrou a cena.
Após perceberem que estavam sendo filmados, o casal interrompeu a reação e correu para vestir as roupas e um deles disse: “Eita a polícia”.
Fonte: Diário do Sertão
Fotos e vídeos da postagem:

Parentes descobrem que comerciantes patoenses mortos em acidente foram vítima de golpe de passagens



Os parentes da família de Patos, no Sertão paraibano, que morreu em um acidente na BR-230, na última quarta-feira, descobriram que as vítimas sofreram um golpe na compra das passagens e, por este motivo, não conseguiram um voo para a Argentina.

Depois de ter perdido o voo no domingo no aeroporto de Recife (PE), o empresário Manoel Messias de Oliveira, 52 anos, encontrou um homem que se comprometeu a conseguir novas passagens, mas ao chegar no aeroporto na quarta-feira descobriram que tinham sido enganados.

A informação foi repassada pelo agropecuarista Mozart Medeiros, que é cunhado da esposa do empresário, Daniele Medeiros Monteiro, 40 anos, que também morreu no acidente.

Segundo ele, antes de voltar de Recife, Manoel Messias ligou para os familiares informando que um homem teria pedido o dinheiro para conseguir novas passagens para a Argentina na quarta-feira, mas, ao chegar no aeroporto internacional do Guararapes, não encontrou a pessoa e nem havia passagens agendadas.

O casal pretendia viajar para a Argentina para visitar dois filhos que estudam no país. A viagem estava prevista para o último domingo, mas as vítimas se atrasaram e perderam o voo. “Ele disse que encontrou esse homem que ficou de conseguir as passagens. Ele deu o dinheiro ao rapaz e achava que ia dar tudo certo. Depois que percebeu o golpe, ele ligou para um irmão contando o que tinha acontecido e dizendo que iria voltar mais uma vez para Patos”, explicou Mozart.

As vítimas morreram quando estavam voltando do aeroporto de Guararapes e a caminhonete em que eles estavam, uma Ford Ranger, bateu na traseira de um caminhão carregado de madeira. O empresário Manoel Messias e a esposa dele, Daniele Medeiros, tiveram morte imediata. Já a filha do casal, que estava no banco de trás, Emmanoely Medeiros Monteiro, 14 anos, morreu três horas depois do acidente, no Hospital de Trauma de Campina Grande.

Manoel e Daniele eram proprietários da rede de panificadora Pão Quente, em Patos. Os familiares ficaram de agendar uma reunião para decidir como farão para dar continuidade à empresa e para identificar o outro motorista envolvido no acidente e a pessoa que teria aplicado o golpe na compra das passagens. O cunhado de Daniele disse que a família ainda não acionou a Polícia Civil, pois deu prioridade ao sepultamento.

ENTERRO EM PATOS

Ainda sem entender as causas do acidente e sem saber a identificação do outro motorista envolvido no acidente, os familiares enterraram os corpos das vítimas em Patos, no início da manhã de ontem. Muitos ainda estão sem acreditar no que aconteceu.

Uma multidão acompanhou o cortejo e o sepultamento, que aconteceu por volta das 8h, no cemitério Campo Santo. Os filhos do casal, Priscila Medeiros Monteiro, 21 anos, e Manoel Messias de Oliveira Filho, 18 anos, que estavam na Argentina, também participaram do sepultamento. Eles chegaram na tarde da última quinta-feira, depois de desembarcarem em João Pessoa e pegarem um táxi aéreo para Patos. 

Fonte: JPB

PUTADO ANTÔNIO MINERAL LANÇARÁ MÍDIA NAS REDES SOCIAIS NA PRÓXIMA SEMANA EM PATOS.


O deputado Antônio Mineral PSDB, lançará toda sua mídia digital nas redes sociais na próxima semana na cidade de Patos, onde mostrará seus requerimentos e projetos que fortaleceram seu mandato de deputado estadual na casa Epitácio Pessoa por três mandatos consecutivos.

A coordenação de campanha do deputado, estará se reunindo para tratar dos últimos detalhes para iniciar uma campanha nas redes sociais mostrando o trabalho de Mineral em prol do povo da Paraíba principalmente naquelas cidades em que o deputado tem apoios importantes e que ganhou benefícios durante seu mandato de deputado estadual. 

Patos e região, é uma das cidades mais beneficiadas com o trabalho do deputado Mineral e portanto terá uma atenção maior no campo de divulgação por parte da equipe de planejamento visual do deputado Mineral.

O dia e a hora e o local do lançamento da mídia nas redes sociais do deputado Antônio Mineral ainda será confirmada pela sua assessoria.


Com informações da Assecom.