quarta-feira, 16 de abril de 2014

Três dias após visita de Cássio a Pombal, prefeita Polyana anuncia apoio a Ricardo Coutinho

A prefeita de Pombal, Polyanna Dutra (PT) reafirmou o seu apoio ao projeto de reeleição de Ricardo Coutinho (PSB), após encontro nesta quarta-feira (16) com o governador.
O anúncio acontece três dias após a vinda do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) a Pombal - no último domingo (12), onde declarou que ficaria "nas mãos" do vice-prefeito Geraldinho (PSDB) a definição sobre o apoio da petista à sua candidatura.
A prefeita e o vice estão rompidos politicamente desde o início do seu segundo mandato.
"O governador Ricardo Coutinho é muito trabalhador e eu também. Quem quer trabalhar, mostrar serviço e fazer o bem ao povo segue este caminho."
Polyanna Feitosa afirmou que a parceria com o governo do Estado só vem beneficiando a cidade e lealdade se paga com lealdade.
"A cidade só vem ganhando com a gestão de Ricardo Coutinho e eu não tenho motivos para sair desse projeto que vem dando certo para a Paraíba e para Pombal também", completou.
De acordo com a prefeita, a parceria entre Estado e municípios está sendo muito boa e construtiva para o desenvolvimento dos municípios com inúmeras estradas, adutoras, investimentos em saúde, educação e de acesso à água.
“Em Pombal fomos muito beneficiados na saúde com a instalação de um centro de cardiologia que realiza o diagnóstico preciso evitando mortes, além da Casa da Cidadania, matadouro e abertura de poços artesianos”.
O governador Ricardo Coutinho agradeceu a confiança da prefeita Pollyanna e das demais lideranças, destacando que ela é um exemplo de gestora que não mede esforços para dialogar e desenvolver políticas públicas para melhorar a qualidade de vida do povo de Pombal. "Pombal hoje é uma referência e exerce forte influência na região", completou Ricardo.
Durante a audiência com o governador Ricardo Coutinho, o secretário de Articulação e Desenvolvimento dos Municípios, Carlos Antônio, e o presidente estadual do PSB, Edvaldo Rosas, a prefeita de Pombal esteve acompanhada do presidente da Câmara de Pombal, vereador Rogério Martins (PSB), do ex-prefeito de Brejo do Cruz Francisco Dutra (Barão) e do secretário de Indústria e Comércio do município, Francimar Fragoso (FOTO ABAIXO) que reafirmaram apoio político do grupo a Ricardo Coutinho.

MARIDO APANHA DE RIPA APÓS REVELAR A IDADE DA "COROA"

Fato pra lá de engraçado aconteceu no bairro Vila Ipiranga, em Imperatriz. Um morador que teve apenas a idade revelada, 35 anos, foi espancado pela própria esposa durante o final de semana. O motivo da agressão foi pelo fato do marido ter revelado a idade de sua companheira que guardava o “segredo” a sete chaves.

A esposa- agressora tem 45 anos, só que aos amigos do casal, quando perguntada, informava possuir somente 35 aninhos. No último sábado, 12/4, em uma reunião, o maridão, acidentalmente, deixou vazar a idade da mulher.

A coroa que mentia sobre a idade, deixou apenas chegar em casa, para pegar uma ripa de madeira e agredir o descuidado marido acertando-o pelo menos dez vezes nas costas, peito braços e pernas. Segundo relatos dos vizinhos que ouviram os gritos do marido apanhando, a esposa batia ao tempo que gritava enfurecida: “Eu não te disse para nunca dizer minha idade para ninguém, agora tu vai apanhar para aprender”.
O marido inconformado com a situação de humilhação quer que seja criada a lei Zé da Penha, para proteger homens que apanham das mulheres.

Efraim Filho diz que Governo Federal impede votação do piso salarial de agentes de saúde


O piso salarial dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Endemias (ACE) estão sendo debatidos na Câmara. O projeto de lei (PL 7495/2006) dos agentes de saúde por várias vezes foi colocado em pauta em 2013, sem acordo as duas matérias voltam ao debate em 2014 com pouca ou nenhuma possibilidade de serem votadas ainda este ano porque, nas palavras do ministro da saúde, Arthur Chioro, “estrangularia o sistema e no caso do agentes de saúde nenhum prefeito aceitaria o programa”. 

A declaração do ministro na audiência promovida pela Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados no Ministério da Saúde deixou o deputado federal paraibano Efraim Filho que vem capitaneando a defesa dos ACS e ACE perplexo.


Na avaliação do deputado Efraim Filho (Democratas-PB) os debates, sobre a proposta dos agentes de saúde mostraram que não há impacto financeiro. “A matéria só vai oficializar o que o Governo já vem repassando para a categoria, não vejo nenhum problema em votar o PL na próxima semana como estava previsto. Os agentes de saúde são um elo entre a população mais carente e o SUS, isso é prevenção, é investimento e quem sai ganhando na realidade é Governo Federal. Sem os agentes essa faixa da população, principalmente no Nordeste não tem acesso aos programas do Ministério da Saúde”. Afirmou.

Em outubro de 2013 a proposição foi colocada em regime de urgência e os líderes partidários se comprometeram de votar logo que a pauta fosse destrancada, mas o Governo impediu essa votação. “Caso a matéria seja colocada na pauta na próxima semana tenho certeza que passa. Não tem mais porque adiar. Sou testemunha do trabalho dessa gente no interior do meu Estado. Com os agentes de saúde a taxa de mortalidade infantil e mortalidade materna caíram”. Declarou Efraim Filho.

Por meio de ações individuais ou coletivas, o agente comunitário de saúde realiza atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde sob supervisão do gestor local do SUS (a Secretaria Municipal de Saúde).

Alunos de ônibus escolar sofrem tentativa de assalto na BR 23



Polícia Rodoviária Federal prendeu na noite dessa terça-feira (15), dois homens suspeitos de tentar assaltar um ônibus escolar do município de Cubati, na região do Seridó da Paraíba. O crime aconteceu no município de Campina Grande.

De acordo com relatos de testemunhas, o ônibus escolar seguia para cidade de Cubati quando na BR 230, no quilômetro 181, dois homens numa motocicleta se aproximaram do veículo e anunciaram o assalto. O motorista do transporte escolar conseguiu jogar o ônibus para cima da moto e desestabilizar os bandidos.

Uma viatura da PRF que passava no local conseguiu localizar os suspeitos, que ainda tentaram reagir. “Eles fingiram que a motocicleta estava quebrada para acharmos que não eram eles, relatou o inspetor Nivaldo.

Os estudantes ficaram bastante assustados com a tentativa de assalto. “Quero agradecer ao Pai Celestial que pôs sua mão, não permitindo que a arma disparasse até que estivéssemos em segurança”, relatou uma das vítimas.
A dupla foi encaminhada para Central de Polícia em Campina Grande, junto com uma pistola que foi apreendida pela polícia.

Marido mata esposa a tiros na frente do filho de 5 anos


Após discussão, homem mata esposa a tiros dentro de casa; filho de cinco anos assistiu à cena;

Uma jovem de 22 anos foi morta a tiros pelo marido na noite desta terça-feira (15) dentro do sobrado da família, em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba. O filho de apenas 5 anos estava em casa e presenciou toda a discussão dos pais, que motivou o crime. O suspeito, identificado como Antônio Batista Almeida Neto, 24 anos, fugiu logo após os disparos.

Vizinhos contaram à Banda B que ouviram dois tiros por volta das 22h30. O corpo de Elaine Cristina Jacob estava caído na escala do sobrado com dois ferimentos de arma de fogo. Vizinhos acionaram o Siate, mas a jovem já estava morta. Neto é segurança e guardava uma arma dentro de casa, possivelmente utilizada no crime.

O filho do casal, que tem 5 anos, presenciou toda a discussão entre os pais, inclusive o crime. A criança estava bastante assustada quando foi encontrada por vizinhos. Segundo eles, o casal brigava bastante. “As testemunhas contaram que ouviram discussões, os tiros e logo depois o marido foi visto saindo da casa a pé. Alguns endereços foram mencionados sobre o possível paradeiro dele”, disse o tenente Januário.

O corpo da jovem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e a Delegacia de Fazenda Rio Grande assume o caso.

Rômulo admite possibilidade de conversar com Cícero e defende nome de Efraim para vice de RC

Romulo GouveiaApesar de já ter avisado várias vezes que não abre mão de ser o candidato ao cargo de senador na chapa encabeçada por Ricardo Coutinho (PSB), o vice-governador Rômulo Gouveia (PSD) não descartou a possibilidade de conversar com o senador Cícero Lucena (PSDB), que tem se mostrado rebelde dentro do ninho tucano. Cícero disse que quer ser candidato ao Senado, mas que não estaria encontrado espaço dentro do PSDB, já que o partido precisa formar aliança com outras legendas.
Rômulo disse que não vai se envolver em questões internas do PSDB, mas lembrou que vários prefeitos tucanos abriram dissidência para apoiar a reeleição de Ricardo Coutinho. Segundo o vice-governador, a relação dele com Cícero é respeitosa e fraterna e, por isso, há a possibilidade de existir um diálogo.
Porém, dessa conversa não deve sobrar para Cícero a tão sonhada vaga de senador, já que Rômulo deve ser o titular da vaga na majoritária do socialista. “Ainda é cedo para definir composição da chapa majoritária, mas não há divergências entre os partidos que apoiam Ricardo”, disse.
Porém, Rômulo defendeu o nome do deputado federal Efraim Filho (DEM) como um bom nome para formar chapa com Ricardo. “O nome de Efraim é extraordinário. Tanto o meu nome quanto o do vice precisam ser referendados. Se isso acontecer, 90% da chapa de 2010 estaria se repetindo”, afirmou.

Filho de político casado com Varzeense do Vale do Sabugy grava vídeo rasgando dinheiro em Festa

O final de semana foi bastante movimentado redes sociais graças a um filho de um político da cidade de Parnamirim/RN. Ele aparece em diversos vídeos e fotos exibindo grande quantidade de dinheiro, se referindo com desprezo e fazendo pouco caso dos que não tem.
 
Eni Augusto de Carvalho Lima, é filho do ex-vice-prefeito de Parnamirim, Epifânio Bezerra e da atual vice-prefeita que é natural da cidade de Várzea, Cleide de Carvalho da Silva Lima.

Em um dos vídeos, que pode ser visto abaixo, o jovem chega a rasgar uma nota de R$ 100 (cem reais), a de maior valor existente na economia brasileira.

Ele parece não se importar com o fato de estar cometendo um crime. De acordo com o artigo 163, parágrafo único, inciso III do Código Penal Brasileiro, é considerado dano qualificado o ato de “destruir, inutilizar ou deteriorar” o “patrimônio da União, Estado, Município, empresa concessionária de serviços públicos ou sociedade de economia mista”.

A pena para esse tipo de crime pode ir de seis meses a três anos de cadeia e inclui multa.



Menores são apreendidos portando arma de fogo no Centro

Por volta das 21h50m (nove da noite e cinqüenta minutos), uma guarnição sobre o comando do Cabo B. Marcelo e o apoio dos Soldados Marllos e Brito, perceberam que havia alguns menores em atitudes suspeita na Praça Getulio Vargas, Centro de Patos.
Os policiais resolveram averiguar a situação. No momento da Abordagem um menor de 13 anos, jogou no chão um simulacro de Arma de fogo tipo revólver, que foi localizado pelos policiais.
Quando perguntado de quem era o objeto o mesmo informou que era de outro adolescente de 15 anos, já bastante conhecido dos meios policiais.
 Os menores apreendidos foram conduzidos até a Delegacia de Polícia e apresentados a Delegada de Plantão, onde foram informados aos seus responsáveis. Ambos são residentes no Bairro do São Sebastião em Patos.

Patosonline com informações da Polícia Militar 

SÃO MAMEDE IRÁ DISPUTAR NOVAMENTE O CAMPEONATO PARAIBANO DE FUTSAL

O Campeonato Paraibano de Futsal 2014 terá seu inicio no dia 09 de maio, este ano terá a participação de 21 equipes que serão divididas em quatro chaves, sendo as chaves A, C e D com cinco equipes em cada, já a chave B terá seis equipes. 
 
Confira as equipes e suas respectivas chaves: 
 
Chave A: COPM - Cabo Branco - Esperança Brasil - Lírios Audazes - Servicar Sport Clube.  

Chave B: AABB/Bananeiras - AABB/Guarabira - ACF/Lagoa Nova - ATS / Canarios - EPCF / Guarabira - Treze.  

Chave C: Brejo do Cruz - CBE / Pombal - 3-C / Patos - Riacho dos Cavalos - Sociedade Catoleense.  

Chave D:  ADESBE / São Bento - Brejo do Cruz - Jericó - Melo/Cajazeiras - São Mamede. 
 
Confira os jogos da 1ª rodada: 

09/05-20:00H: Chave A: Cabo Branco   X   COPM  
09/05-20:30H: Chave D: Melo/Cajazeiras   X   Brejo do Cruz  
09/05-20:30H: Chave D: São Bento   X   São Mamede  
10/05-20:30H: Chave B: ACF/Lagoa Nova  X   ATS / Canarios  
10/05-20:30H: Chave B: AABB/Guarabira   X   Treze  
10/05-20:30H: Chave B: AABB/Bananeiras   X   EPCF / Guarabira  
10/05-20:30H: Chave C: Sociedade Catoleense   X   3-C / Patos  
10/05-20:30H: Chave C: Riacho dos Cavalos   X   CBE / Pombal  
11/05-11:00H: Chave A: Lírios Audazes   X   Servicar

Politica do Vale

SãoMamede1

SÁBADO DE ALELUIA EM SÃO MAMEDE TEM ESPORA DE OURO E DECA DO ACORDEON.



O Sabugi Clube através do seu presidente Louro Isaías realiza mais um grande evento, a tradicional festa de Sábado de Aleluia (19/04/2014) com Espora de Ouro, Deca do Acordeon e Banda Só Filé, a partir das 23 no Sabugi Clube.

A Direção do Sabugi Clube comunica que as senhas estão sendo vendidos em Bete Variedades  de frente aos correios no centro de São Mamede ao preço promocional de R$ 13,00 para as 200 primeiras senhas. 

SãoMamede1

Balsa afunda na Coreia do Sul com 477 pessoas a bordo

Helicópteros sobrevoam a balsa que afundou na Coreia do Sul Foto: AP

Mais de 300 pessoas estão desaparecidas após o naufrágio de um barco que afundou na costa sudeste da Coreia do Sul, deixando pelo menos quatro mortos. Navios da guarda costeira do país e cerca de 20 helicópteros participam do socorro e até agora 164 pessoas foram resgatadas. A embarcação adernou e afundou após raspar o casco no fundo do mar. O barco havia partido do porto de Incheon.

A balsa levava 477 pesssoas, sendo 448 passageiros e 29 tripulantes. Entre eles estavam 325 estudantes e 14 professores que faziam uma excursão à ilha de Jeju. Até agora, o governo sul-coreano confirmou a morte de quatro pessoas, um homem e três mulheres.
As operações de socorro envolvem 18 helicópteros e 34 navios, mercantes, militares e da guarda costeira. O acidente ocorreu a cerca de 20 km da ilha de Byungpoong.

— O navio fez água e afundou — declarou um porta-voz da guarda costeira por telefone.

A balsa enviou um sinal de socorro às 9h (21h de terça-feira em Brasília) após, segundo testemunhas, bater com a fundo do casco no solo marinho. Autoridades temem que centenas de pessoas tenham ficadas presas na balsa, que virou e afundou perto da ilha de Byungpoong em apenas duas horas após o envio do primeiro sinal de socorro.

— Houve um grande choque e a balsa parou. O barco adernou e precisamos segurar em alguma coisa para não cair — disse um passageiro por celular ao canal de televisão YTN.
Imagens aéreas exibidas na televisão mostraram os passageiros com coletes salva-vidas em botes infláveis. Alguns escorregavam pelo casco da embarcação, totalmente inclinada, enquanto outros eram resgatados por pequenos barcos de pescadores.

A balsa seguia para a ilha de Jeju, um complexo turístico muito popular. Entre os passageiros estavam mais de 300 estudantes de uma escola secundária de Ansan, uma cidade ao sul da capital Seul, que estavam de férias. Os pais dos alunos se reuniram na escola de Ansan à espera de notícias e tentavam obter notícias dos filhos.

Várias pessoas foram resgatadas por barcos de pesca e navios mercantes que estavam na região antes da chegada da guarda costeira. Também participaram no resgate mergulhadores e forças especiais da marinha.
— Há muito barro na água e a a visibilidade é muito escassa — disse o vice-ministro.
Causas desconhecidas

A balsa, uma embarcação de 6.825 toneladas, zarpou do porto de Incheon na terça-feira à noite, mas começou a registrar problemas depois de percorrer 13 milhas (20 km), diante da ilha de Byungpoong. As causas do acidente são desconhecidas, mas alguns sobreviventes afirmaram que a balsa parou de repente, como se tivesse encalhado, apesar das condições meteorológicas favoráveis.

O barco inclinou mais de 45 de graus e em seguida virou quase por completo. Apenas uma pequena parte ficou de fora da água. A temperatura da água era de 12 graus centígrados.
O tráfego marítimo entre a Coreia do Sul e suas múltiplas ilhas é muito intenso e os acidentes são raros, mas em outubro de 1993 quase 300 pessoas morreram no naufrágio de uma balsa.



© 1996 - 2014. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. SEUL — Mais de 300 pessoas estão desaparecidas após o naufrágio de um barco que afundou na costa sudeste da Coreia do Sul, deixando pelo menos quatro mortos. Navios da guarda costeira do país e cerca de 20 helicópteros participam do socorro e até agora 164 pessoas foram resgatadas. A embarcação adernou e afundou após raspar o casco no fundo do mar. O barco havia partido do porto de Incheon.


A balsa levava 477 pesssoas, sendo 448 passageiros e 29 tripulantes. Entre eles estavam 325 estudantes e 14 professores que faziam uma excursão à ilha de Jeju. Até agora, o governo sul-coreano confirmou a morte de quatro pessoas, um homem e três mulheres.
As operações de socorro envolvem 18 helicópteros e 34 navios, mercantes, militares e da guarda costeira. O acidente ocorreu a cerca de 20 km da ilha de Byungpoong.

— O navio fez água e afundou — declarou um porta-voz da guarda costeira por telefone.

A balsa enviou um sinal de socorro às 9h (21h de terça-feira em Brasília) após, segundo testemunhas, bater com a fundo do casco no solo marinho. Autoridades temem que centenas de pessoas tenham ficadas presas na balsa, que virou e afundou perto da ilha de Byungpoong em apenas duas horas após o envio do primeiro sinal de socorro.
— Houve um grande choque e a balsa parou. O barco adernou e precisamos segurar em alguma coisa para não cair — disse um passageiro por celular ao canal de televisão YTN.
Imagens aéreas exibidas na televisão mostraram os passageiros com coletes salva-vidas em botes infláveis. Alguns escorregavam pelo casco da embarcação, totalmente inclinada, enquanto outros eram resgatados por pequenos barcos de pescadores.
A balsa seguia para a ilha de Jeju, um complexo turístico muito popular. Entre os passageiros estavam mais de 300 estudantes de uma escola secundária de Ansan, uma cidade ao sul da capital Seul, que estavam de férias. Os pais dos alunos se reuniram na escola de Ansan à espera de notícias e tentavam obter notícias dos filhos.

Várias pessoas foram resgatadas por barcos de pesca e navios mercantes que estavam na região antes da chegada da guarda costeira. Também participaram no resgate mergulhadores e forças especiais da marinha.
— Há muito barro na água e a a visibilidade é muito escassa — disse o vice-ministro.
Causas desconhecidas

A balsa, uma embarcação de 6.825 toneladas, zarpou do porto de Incheon na terça-feira à noite, mas começou a registrar problemas depois de percorrer 13 milhas (20 km), diante da ilha de Byungpoong. As causas do acidente são desconhecidas, mas alguns sobreviventes afirmaram que a balsa parou de repente, como se tivesse encalhado, apesar das condições meteorológicas favoráveis.
O barco inclinou mais de 45 de graus e em seguida virou quase por completo. Apenas uma pequena parte ficou de fora da água. A temperatura da água era de 12 graus centígrados.
O tráfego marítimo entre a Coreia do Sul e suas múltiplas ilhas é muito intenso e os acidentes são raros, mas em outubro de 1993 quase 300 pessoas morreram no naufrágio de uma balsa.


© 1996 - 2014. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 

Vereadores consideram homilia de Dom Eraldo ríspida e pedem respeito ao Legislativo

A homilia do bispo diocesano de Patos, Dom Eraldo Bispo da Silva, no último domingo, de Ramos, abriu feridas nos poderes públicos do município, que se sentiram na obrigação de oferecer respostas às palavras consideradas agressivas do Pastor. Primeiro foi a prefeita Francisca Motta, que apresentou as ações que a administração municipal vem realizando para melhorar a qualidade de vida da população, questionada por Dom Eraldo, que cobrou ações das três esferas, municipal, estadual e federal.
Na sessão desta terça-feira 15 alguns vereadores rebateram veementemente o líder religioso. Outros evitaram a polêmica. “Há grande descrédito na política brasileira, muitos casos de corrupção no governo federal, que também aponta as falcatruas dos outros partidos. Mas nem por isso ele pode generalizar. Vossa Excelência, Senhor Bispo, errou ao colocar todos nós numa mesma vala. Condicionou essa Casa de cachorrada. O Senhor tem que ter no mínimo a dignidade de no Sábado de Aleluia pedir perdão, que é um ensinamento cristão”, falou o vereador Fernando Jucá (PT).
Inácio de Gelo disse que Dom Eraldo perdeu seu controle, sua razão ao falar da Casa Juvenal Lúcio de Sousa. Enalteceu o papel do vereador, que vive lutando para solucionar os problemas da comunidade. O edil elevou o tom de suas críticas ao Bispo de Patos e pediu-lhe humildade no tratamento do povo cristão. Citando trecho do discurso de Dom Eraldo no Domingo de Ramos quando chamou de verdadeira “cachorrada” os debates promovidos na Câmara Municipal, Inácio disse que em Patos nunca se batizou um cachorro, que todos os 13 vereadores são cristãos.
Para o vereador Ivanes Lacerda (PSDB) o bispo foi infeliz no seu pronunciamento, principalmente por não ser o momento oportuno, durante uma celebração. Disse que toda instituição possui seus pecados e citou erros cometidos ao longo da história pela Igreja Católica, como a Santa Inquisição, apoio ao Holocausto, às ditaduras no Brasil.
“Senti-me atingido pela homilia do bispo. Não me sinto cachorro, jamais tratei um colega de corno, como também não fui tratado dessa forma. Acredito que Dom Eraldo se arrependeu do que falou e pediu perdão a Deus”, disse Ivanes.
Inácio de Gelo reclamou da buraqueira existente nas ruas não calçadas no Bairro Jatobá, um tormento para a população, para os condutores de veículos. Outro problema por ele citado foi em relação às galerias, que continuam sem conserto. “Não se pode culpar a chuva e deixar que as ruas continuem intransitáveis”, comentou. Inácio fez críticas também à SSTrans pela liberação desenfreada, segundo suas palavras, de alvarás para taxistas no Jatobá, sem que haja consulta ao sindicato, à categoria. Falou também de perseguição aos taxistas pelos agentes de trânsito e que na cidade existe a indústria da multa aplicada pela Superintendência de Trânsito.
O vereador Sales Junior destacou a necessidade de intensificar os trabalhos de combate à dengue e criticou a empresa de transporte coletivo que não está querendo transportar alunos e pessoas de localidades distantes. “Muitos alunos do IFPB estão sendo prejudicados por que não conseguem pegar esse transporte, que se nega a atender parte da população patoense”, comentou.
Marcos Eugênio - PBnoticia 

terça-feira, 15 de abril de 2014

Donos da Telexfree põem parentes na lista de credores e exclui divulgador


Depois de bloquear os rendimentos dos seus associados, a Telexfree nos Estados Unidos admite que está sem dinheiro para pagar os divulgadores. A empresa entrou com pedido de recuperação judicial e, segundo o site do Judiciário do Estado de Nevada, a dívida do negócio pode chegar a US$ 500 milhões, ou seja, mais de um R$ 1,1 bilhão.

Para evitar a bancarrota, a companhia apresentou à Justiça uma lista com os seus principais credores. A relação exclui os mais de um milhão de investidores para priorizar 30 pessoas físicas e jurídicas. Entre essas estão parentes, esposas e amigos dos sócios da Telexfree, além do nome dos principais líderes da empresa no Brasil e no exterior.

A notícia de que a empresa está em processo de falência foi anunciado em vídeo, publicado ontem no Facebook da companhia.

O diretor de Marketing da corporação nos EUA, Carlos Roberto Costa, dono da Ympactus Comercial, que representa a Telexfree no Brasil, disse que a medida foi necessária para permitir que a companhia continue a oferecer seus serviços e produtos. 

Segundo Costa, a situação de quase falência da Telexfree é culpa da perseguição que a corporação tem passado por todo o mundo, principalmente no Brasil.

Ele argumenta que o congelamento das atividades e dos recursos no Brasil pela Justiça do Acre foi crucial para que a empresa não conseguisse mais sobreviver.

Costa alegou ainda que o negócio foi muito prejudicado pela ação civil pública aberta pelo Ministério Público do Acre.

No Facebook da empresa, divulgadores mostraram estar preocupados. Muitos estão com medo de perder o investimento feito tanto na rede brasileira quanto internacional.

É que em junho do ano passado os negócios da Telexfree foram congelados no Brasil. Impedida de atuar aqui, a empresa passou a recrutar seguidores para a rede americana.

Quem investiu dinheiro tanto na empresa brasileira quanto dos Estados Unidos corre risco de perder duplamente as aplicações.

Em nota à imprensa, divulgada no site da empresa, a companhia afirma que espera ter dinheiro suficiente para manter os negócios durante sua reorganização e dar continuidade aos serviços aos seus consumidores.

Recuperação

No Espírito Santo, o Tribunal de Justiça decidiu há algumas semanas que a empresa não tem direito à recuperação judicial.

Nos Estados Unidos, há três pedidos de recuperação: da Telexfree INC, situada em Massachusetts, sede do negócio; da Telexfree LCC, filial em Las Vegas, Nevada; e da Telexfree Financial, na Flórida. 

A Corte de Nevada ainda não apreciou as solicitações. As audiências, segundo acompanhamento processual no site do órgão, vão ocorrer nos próximos dias. Será ainda necessário ouvir os credores.

Mas no vídeo postado no Facebook, Carlos Costa disse que apesar de o Brasil não ter aceitado ajudar a empresa a se reerguer, a Justiça nos Estados Unidos agiu diferente. Segundo ele, o órgão já acatou as solicitações.

“A Telexfree aqui não tem pessoas que vão correr, pessoas que vão sumir. Não, ninguém está fazendo nada errado e a maior prova disso é a empresa ter conseguido a recuperação judicial nos Estados Unidos”.

Ameaça ronda o Botafogo

Com a possível falência da Telexfree nos Estados Unidos, quem deve sofrer um duro golpe financeiro é o Botafogo. O clube anunciou em janeiro que seu mais novo patrocinador seria a empresa, acusada no Brasil de formar a maior pirâmide financeira do país.

A questão é que com o processo de recuperação da empresa, o clube pode ficar a ver navios, sem receber qualquer quantia pela parceria, apesar de divulgar o nome da Telexfree na camisa do clube há quase quatro meses.

O time, aliás, vem atravessando uma grande crise financeira. Chegou a atrasar salários dos jogadores, só conseguindo regularizar os pagamentos na semana passada.

Na lista de credores da Telexfree, não há menção a qualquer parceria entre o clube e a empresa, apesar de o time e a empresa terem um contrato até o final deste ano.

PSC tira Ricardo da lista de possíveis aliados e se divide entre Cássio e Veneziano

marcondesgadelhaO presidente do PSC na Paraíba, Marcondes Gadelha, disse nesta terça-feira, 15, que o partido ainda não definiu os rumos que seguirá neste ano porque está dividido entre aliar-se ao PSDB ou ao PMDB. 
Segundo ele, na reunião do último dia 10, os filiados do PSC mostraram-se divididos e os debates seguirão até que as opiniões sejam unificadas, “o partido apresentou várias correntes e teremos trabalho para unir essas opiniões”, explicou.
Marcondes Gadelha disse que um pequeno grupo de filiados não se pronunciou sobre preferência de aliança, enquanto dois grupos, igualmente fortes, defendem lados opostos, uma parte dos filiados deseja que o partido se alie ao ex-prefeito de Campina Grande Veneziano Vital do Rêgo, enquanto outro grupo defende a aliança com o senador Cássio Cunha Lima.
“Estamos realizando reuniões com os grupos separadamente, mas a cada 15 dias o PSC vai reunir todos os filiados até que as opiniões sejam unificadas”, destacou o presidente sem estabelecer um prazo para divulgar a decisão final da legenda. Ele destacou que a agremiação tem até a convenção no fim do mês de junho para tomar uma decisão.
“Tenho que carregar uma cesta de ovos sem quebrar nenhum, vou ter calma e paciência para tentar unificar. O partido está muito dividido e nós queremos unir todos”, finalizou.
Ívyna Souto do Blog do Gordinho

“Ricardo e as pesquisas”: Fabiano Gomes faz uma análise dos números das últimas pesquisas eleitorais

fabiano2
Com uma desvantagem média de 20 pontos em todas as últimas pesquisas de intenção de votos divulgadas, o governador poderá até dizer que os institutos não têm acertado na Paraíba. É verdade. Como é verdade que as as pesquisas têm errado frequentemente a favor do governo.
O paraibano tem duas formas principais de ler as pesquisas de intenção de voto que já foram ou serão publicadas. A primeira é a densidade de cada candidato por região. Esse dado é fundamental na Paraíba, onde apenas cinco cidades ( João Pessoa, Campina Grande, Santa Rita, Bayeux e Patos) já concentram 35,25% do eleitorado. Se acrescentarmos outras dez (Sousa, Cajazeiras, Guarabira, Sapé, Cabedelo, Mamanguape, Queimadas, Pombal, Esperança e Monteiro) teremos nesses 15 municípios a impressionante concentração de 47,23% dos eleitores- quase a metade do eleitorado dos 223 municípios paraibanos.
A segunda leitura possível é o comparativo de quanto cada candidato tem a mais ou a menos nessas cidades, na relação com as últimas eleições, por exemplo. Quem perde densidade na Grande João Pessoa ou em Campina Grande terá extremas dificuldades de compensar o prejuízo noutras regiões, tal a concentração eleitoral verificada na Paraíba.
Qualquer que seja a leitura escolhida, os números já divulgados parecem muito preocupantes para o projeto de reeleição do governador Ricardo Coutinho. Pela primeira leitura, o governador está em empate técnico com o senador Cássio em João Pessoa, apesar da ligeira vantagem aritmética de seu adversário ( 32,8 a 35,3), mas perde de goleada em Campina Grande para Cássio e Veneziano (49,0 a 17,5) e empata com Veneziano ( 17,5 a 16,5). Em todas as outras regiões (Grande João Pessoa, Zona da Mata e litoral, Agreste, Borborema e Sertão), o governador perde para seu principal concorrente.
Na região sertaneja, onde sofre uma diferença quase igual à de Campina Grande (43,6 a 17,7 ), o governador está num empate técnico com Veneziano (17,7 a 13,2).
O conhecimento mínimo da geografia eleitoral das maiores cidades da Paraíba ajuda a entender esses números. Em João Pessoa, base tradicional de sua atuação política, o governador dividiu seus exércitos. Em Campina Grande, os dois principais grupos políticos são contrários a ele, o que se repete em Guarabira, Patos, Pombal e Sousa, para citar apenas algumas das maiores cidades.
A segunda leitura possível, que remete ao comparativo com o desempenho da eleição passada, é ainda mais preocupante para o governador. Mantidos os números atuais, ele perde cerca de 15 pontos percentuais, em relação a 2010, o que significa algo como 60 mil votos. Em Campina Grande, perde bem mais de 40 pontos, o que significa 80 mil votos. Essa diferença dificilmente poderá ser compensada em pequenos municípios, onde o vencedor ganha por 200 ou 300 votos de diferença. Lembre-se que Maranhão, em 2010, ganhou na maioria dos municípios paraibanos, mas o governador foi Ricardo Coutinho, por conta, especialmente, das votações de Campina Grande e da Grande João Pessoa.
O governador e todos os candidatos em desvantagem poderão dizer que as pesquisas sempre erram na Paraíba. É verdade. Mas qualquer análise dos números das últimas eleições descobrirá que as distorções praticamente se concentraram em João Pessoa, contaminando o resultado final da pesquisa pelo peso eleitoral da capital (17,39%). Mais ainda: os erros nessas pesquisas frequentemente aconteceram a favor do governo. Essa deveria ser uma preocupação a mais para o governador.
(Os números citados e registrados na Justiça Eleitoral são da pesquisa Consult/MaisPB)
Por Fabiano Gomes

CBF confirma chapa única e Del Nero assume presidência em 2015

Marco Polo del Nero (Foto: Divulgação/CBF)
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vai eleger na próxima quarta-feira Marco Polo Del Nero como novo presidente. A entidade máxima do futebol brasileiro anunciou nesta segunda-feira que apenas a chapa "Continuidade Administrativa", encabeçada pelo atual presidente da Federação Paulista, foi inscrita para o pleito.
Mas a ausência de uma chapa opositora não pegou ninguém de surpresa. Francisco Novelletto, presidente da Federação Gaúcha e que tinha o apoio do ex-presidente corintiano Andrés Sanchez,já havia desistido de concorrer à presidência no fim de fevereiro deste ano.
Conforme o LANCE!Net antecipou em 7 de março, a grupo de Del Nero contará com cinco vice-presidentes: José Maria Marin (SP), Gustavo Feijó (AL), Delfim Peixoto (SC), Fernando Sarney (MA) e Marcus Vicente (ES).
Confirmado como novo presidente da CBF, Marco Polo Del Nero vai substitutir José Maria Marin somente a partir de de abril de 2015.
Nota oficial da CBF:
"Esgotado dia 11 de abril de 2014, sexta-feira, às 19 horas, o prazo de protocolização de pedidos de registro de chapas concernentes à eleição que se realizará no próximo dia 16, para preencher os cargos de presidente, cinco vice-presidentes e conselho fiscal, a Confederação Brasileira de Futebol torna público que apenas ocorreu o pedido de registro da chapa denominada "Continuidade Administrativa" que apresenta a seguinte composição:
Presidente: Marco Polo Del Nero
Vice-presidentes: José Maria Marin, Fernando José Macieira Sarney, Gustavo Dantas Feijó, Delfim de Pádua Peixoto Filho e Marcus Antônio Vicente.
Relativamente à chapa "Continuidade Administrativa", foram cumpridas todas as normas legais e estatutárias que regem o processo eleitoral, razão pela qual estão os respectivos candidatos aptos a disputar a eleição que se realizará na Assembleia Geral designada para o próximo dia 16."